Proteção Civil / 13-12-2018 168

Aviso | Proprietários de terrenos

A Câmara Municipal  de Vagos informa que, devido aos incêndios ocorridos em outubro de 2017, serão implementadas as necessárias medidas de estabilização de emergência, reabilitando as linhas de água afetadas, ribeiras, riachos e valas de escoamento, e áreas envolventes.
As áreas a intervencionar compreendem várias linhas de água da União de Freguesias de Vagos e Santo António de Vagos, União de Freguesias de Ponte de Vagos e Santa Catarina, União de Freguesias de Fonte de Angeão e Covão do Lobo, Freguesia de Soza, Freguesia de Calvão, Freguesia de Ouca e Freguesia de Santo André de Vagos.

Os trabalhos a executar, no âmbito da medida 8.1.4 do PDR 2020 (Estabilização de emergência – regularização do regime hidrológico e Obras de Correção Torrencial), compreendem:
– Desobstrução manual do leito das linhas de água;
– Numa faixa de cerca de 5 metros na envolvente da linha de água, limpeza motomanual, através do corte de material lenhoso ardido, arbustivo e arbóreo, limpeza da vegetação herbácea, e a rechega do material cortado para fora da linha de cheia;
– Serão executadas cerca de 10 pequenas obras de correção torrencial;
– A área total prevista para intervenção é de 22,43 hectares.

Os proprietários que pretendam atempadamente proceder à remoção dos materiais e madeiras sobrantes, devem diligentemente acompanhar a execução dos trabalhos, podendo se informar nas Juntas de Freguesia da área respetiva e da Câmara Municipal de Vagos.

Áreas a intervencionar: